logo_SCBA-cabecalho
logo_SCBA-cabecalho
Faltam 87 dias e 20 horas
iconefaceiconeutubeinonelinkedin iconeflickr
X

COMPRE SEU INGRESSO AGORA!
Não perca o mais importante evento de smart cities na América Latina. São as últimas vagas.

COMPRAR

Tecnologias ajudam em diagnósticos, atendimentos e prevenção de doenças

A implantação dos conceitos e tecnologias para as Cidades Inteligentes tem peculiaridades e interpretações diferentes, dependendo da visão de cada público envolvido. Na saúde e segurança são duas áreas de demanda elevada em que a tecnologia é fundamental no atendimento desses serviços. Esse foi o tema do painel “Saúde – As Smart Cities na visão dos gestores públicos”, do Smart City Business América 2017.

Na medicina, a oncologia é uma especialidade que está a todo momento se modificando e há a necessidade de atualização, pois são casos sempre específicos de tipos de cânceres, estágios e descobertas. Há estimativa que nos próximos anos, nos Estados Unidos, cerca de 61% da população desenvolva algum tipo da doença. Mariana Perrone, coordenadora médica da unidade Watson Health para a América Latina na IBM, explica um programa, desenvolvido pela empresa, é capaz de processar e cruzar dados dos mais diversos tipos de tratamento, estágios e soluções. “O Watson tem uma espécie de wikpidia na sua programação que permite ao programa encontrar respostas mais detalhadas sobre o caso de cada do paciente”, explica a médica.

Além de possíveis tratamentos, agendamento e prevenção são outras preocupações dos setores público e privados na área da saúde. Pablo Miranda, diretor da IT2B – Tecnologia e Inovação, lembra que a tecnologia pode auxiliar com informações detalhadas sobre pacientes, serviços existentes nas unidades de saúde, além de ser útil em campanhas de combate, como foi o caso da dengue em 2016 no Brasil. “A gente pode detalhar e mapear os principais focos existentes, perceber qual a necessidade ou não de ser enviar um agente de saúde até o local. Tudo isso para otimizar o trabalho e levar atendimento à regiões que realmente necessitam”, disse.

Na área de segurança, os aplicativos e programas podem acelerar o atendimento policial, por exemplo. É uma solução 100% web, que atende qualquer Centro Integrado de Operações, e tem como principal finalidade reduzir o tempo e aumentar a qualidade de atendimento de ocorrências de serviços diversos, emergenciais ou programados. Com uma parceria com o Google, a interface gráfica está integrada com o Google Maps API, permitindo a visualização de imagens de satélite e da ferramenta Street View.