logo_smart
iconefaceiconeutubeinonelinkedin iconeflickr
 
 
 
Categorias: Mobilidade Urbana.
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInCopy LinkPrintShare
SC Alstom Aptis2

A Alstom lançou duas soluções, desenvolvidas pela Metrolab, que melhorarão as viagens de passageiros em redes de transporte urbano. FOTOS: Divulgação

A Alstom realizou hoje (27/04) uma coletiva de imprensa na La Cité du Cinéma, região de Paris, lançando várias tecnologias revolucionárias para abordar as diferentes necessidades de operadoras e passageiros. Os anúncios vêm um pouco antes da exposição UITP 2017. Os passageiros desejam estar conectados, para que seu tempo de deslocamento seja útil, e exigem uma viagem ininterrupta de porta a porta. As operadoras querem ajudar a lidar com a multimodalidade e melhorar a pontualidade e a disponibilidade.

“A Alstom inova a fim de garantir que o sistema ferroviário se torne mais integrado, mais eficiente para operadoras de transporte e mais atraente para os passageiros. Acreditamos que o papel da Alstom seja não apenas fornecer material rodante, serviços e manutenção, mas oferecer soluções de mobilidade para um mundo em profunda transformação. As soluções digitais que estamos lançando hoje e nossos movimentos recentes além do setor ferroviário, com o lançamento do Aptis e o investimento na EasyMile, revolucionarão o mundo do transporte”, declarou Henri Poupart-Lafarge, Chairman e CEO da Alstom.

A Alstom lançou duas soluções, desenvolvidas pela Metrolab, que melhorarão as viagens de passageiros em redes de transporte urbano: Optimet OrbanMap, um sistema de informação dinâmica em tempo real oferecido a passageiros em estações de metrô, e Optimet real-time train occupancy, uma solução que garantirá um fluxo mais suave de passageiros nas plataformas. O Optimet OrbanMap permite a visualização imediata da rede de metrô, sua atividade, posição dos trens, tempos de viagem, interrupções de serviço e o nível de conforto a bordo dos trens. O Optimet real-time train occupancy mostra o nível de ocupação por carro por meio de uma fita LED colorida (vermelha, laranja ou verde) localizada acima das portas de segurança e estendendo-se por toda a plataforma, além de monitores nas vias de circulação e/ou elevadores da estação.

Para as operadoras, a Alstom está lançando o Mastria, primeira solução de supervisão multimodal. Graças ao Mastria, todos os atores de mobilidade em uma determinada cidade estão ligados: ônibus, VLT e redes de metrô, mas também táxis, carros compartilhados e bicicletas, polícia, etc. O objetivo é maximizar a fluidez entre todos os meios de transporte de uma cidade e orquestrar as rotas de passageiros.

 
 

Alstom apresenta inovações para uma mobilidade mais inteligente

FacebookTwitterWhatsAppLinkedInCopy LinkPrintShare
SC Alstom Aptis2

A Alstom lançou duas soluções, desenvolvidas pela Metrolab, que melhorarão as viagens de passageiros em redes de transporte urbano. FOTOS: Divulgação

A Alstom realizou hoje (27/04) uma coletiva de imprensa na La Cité du Cinéma, região de Paris, lançando várias tecnologias revolucionárias para abordar as diferentes necessidades de operadoras e passageiros. Os anúncios vêm um pouco antes da exposição UITP 2017. Os passageiros desejam estar conectados, para que seu tempo de deslocamento seja útil, e exigem uma viagem ininterrupta de porta a porta. As operadoras querem ajudar a lidar com a multimodalidade e melhorar a pontualidade e a disponibilidade.

“A Alstom inova a fim de garantir que o sistema ferroviário se torne mais integrado, mais eficiente para operadoras de transporte e mais atraente para os passageiros. Acreditamos que o papel da Alstom seja não apenas fornecer material rodante, serviços e manutenção, mas oferecer soluções de mobilidade para um mundo em profunda transformação. As soluções digitais que estamos lançando hoje e nossos movimentos recentes além do setor ferroviário, com o lançamento do Aptis e o investimento na EasyMile, revolucionarão o mundo do transporte”, declarou Henri Poupart-Lafarge, Chairman e CEO da Alstom.

A Alstom lançou duas soluções, desenvolvidas pela Metrolab, que melhorarão as viagens de passageiros em redes de transporte urbano: Optimet OrbanMap, um sistema de informação dinâmica em tempo real oferecido a passageiros em estações de metrô, e Optimet real-time train occupancy, uma solução que garantirá um fluxo mais suave de passageiros nas plataformas. O Optimet OrbanMap permite a visualização imediata da rede de metrô, sua atividade, posição dos trens, tempos de viagem, interrupções de serviço e o nível de conforto a bordo dos trens. O Optimet real-time train occupancy mostra o nível de ocupação por carro por meio de uma fita LED colorida (vermelha, laranja ou verde) localizada acima das portas de segurança e estendendo-se por toda a plataforma, além de monitores nas vias de circulação e/ou elevadores da estação.

Para as operadoras, a Alstom está lançando o Mastria, primeira solução de supervisão multimodal. Graças ao Mastria, todos os atores de mobilidade em uma determinada cidade estão ligados: ônibus, VLT e redes de metrô, mas também táxis, carros compartilhados e bicicletas, polícia, etc. O objetivo é maximizar a fluidez entre todos os meios de transporte de uma cidade e orquestrar as rotas de passageiros.

Categorias: Mobilidade Urbana.
 

Leia também