logo_smart
iconefaceiconeutubeinonelinkedin iconeflickr
 
 
 
Categorias: Saúde e Educação.
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInCopy LinkPrintShare

Ação busca incentivar meninas a entrarem no mundo da programação ensinando linguagem de códigos de maneira lúdica. FOTO: Divulgação

A Microsoft Brasil está lançando a campanha Eu Posso Programar para Meninas, que começa a convocar pelas redes sociais, de 13 de março até o dia 28 de abril, garotas que queiram aprender a linguagem de códigos de uma maneira lúdica e divertida, um pontapé inicial para quem deseja atuar no mercado de TI.

A iniciativa contará ainda com o apoio de ONGs parceiras que atuam nacionalmente em diferentes frentes: educação, cultura, tecnologia e esporte. Além de impulsionarem a divulgação do projeto, as ONGs ficarão responsáveis por organizar turmas de meninas para as aulas na plataforma virtual www.eupossoprogramar.com, criada pela Microsoft e parceiros.

As participantes vão entrar em contato com o conteúdo de nível básico que é oferecido no site, chamado de “Hora do Código”, parceria da Microsoft com a Code.org. Os exercícios desta edição do programa são feitos com a ambientação do conhecido jogo Minecraft – que explora a imaginação com o uso de blocos dinâmicos.  Dessa forma, o aprendizado é intuitivo e agradável para as jovens.

P

“Um dos objetivos da campanha é proporcionar um conhecimento técnico para meninas e jovens mulheres, dando-lhes uma base para se tornarem desenvolvedoras de soluções aplicáveis em diferentes contextos, tanto de negócios quanto sociais.” — Alessandra Del Debbio, vice-presidente jurídica e de assuntos corporativos, da Microsoft Brasil.

P

Após a conclusão das aulas, as garotas recebem um certificado validado pela organização Code.org e pela Microsoft. Cada uma das futuras programadoras poderá então postar nas redes sociais a imagem do certificado com a hashtag #Eupossoprogramar e desafiar quatro amigas a participar do curso.

“Um dos objetivos da campanha é proporcionar um conhecimento técnico para meninas e jovens mulheres, dando-lhes uma base para se tornarem desenvolvedoras de soluções aplicáveis em diferentes contextos, tanto de negócios quanto sociais”, afirma Alessandra Del Debbio, vice-presidente jurídica e de assuntos corporativos, da Microsoft Brasil.

Este ano a campanha conta com o apoio institucional de organizações parceiras como a Reprograma, que realiza uma formação especial para mulheres que têm interesse em dedicar-se à carreira de tecnologia. Também tem o apoio da Softex, entidade responsável pelo gerenciamento operacional do portal Brasil Mais TI que é um programa 100% nacional criado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e da Educação – MEC. A campanha conta novamente com o apoio do Programaê!, iniciativa liderada pela Fundação Lemann e pela Fundação Telefônica, que tem como missão levar formação para estudantes de todo o país.

#EuPossoProgramar é parte da transformação digital que a Microsoft impulsiona no Brasil e no mundo, onde a Ciência da Computação é colocada como a base essencial para a geração de conhecimentos e competências digitais nos jovens. A empresa assume um compromisso de colaborar para que os alunos tenham acesso à aprendizagem e lógica de computação, especialmente em comunidades desfavorecidas, onde por meio de parcerias com educadores e escolas consegue alcançar a população.

 

Serviço

O que: Campanha #Eupossoprogramar para meninas

Quando: De 13 de março a 28 de abril

Como: Acessar www.eupossoprogramar.com

P

Por Microsoft Brasil
 
 

Microsoft lança campanha “Eu Posso Programar para Meninas”

FacebookTwitterWhatsAppLinkedInCopy LinkPrintShare

Ação busca incentivar meninas a entrarem no mundo da programação ensinando linguagem de códigos de maneira lúdica. FOTO: Divulgação

A Microsoft Brasil está lançando a campanha Eu Posso Programar para Meninas, que começa a convocar pelas redes sociais, de 13 de março até o dia 28 de abril, garotas que queiram aprender a linguagem de códigos de uma maneira lúdica e divertida, um pontapé inicial para quem deseja atuar no mercado de TI.

A iniciativa contará ainda com o apoio de ONGs parceiras que atuam nacionalmente em diferentes frentes: educação, cultura, tecnologia e esporte. Além de impulsionarem a divulgação do projeto, as ONGs ficarão responsáveis por organizar turmas de meninas para as aulas na plataforma virtual www.eupossoprogramar.com, criada pela Microsoft e parceiros.

As participantes vão entrar em contato com o conteúdo de nível básico que é oferecido no site, chamado de “Hora do Código”, parceria da Microsoft com a Code.org. Os exercícios desta edição do programa são feitos com a ambientação do conhecido jogo Minecraft – que explora a imaginação com o uso de blocos dinâmicos.  Dessa forma, o aprendizado é intuitivo e agradável para as jovens.

P

“Um dos objetivos da campanha é proporcionar um conhecimento técnico para meninas e jovens mulheres, dando-lhes uma base para se tornarem desenvolvedoras de soluções aplicáveis em diferentes contextos, tanto de negócios quanto sociais.” — Alessandra Del Debbio, vice-presidente jurídica e de assuntos corporativos, da Microsoft Brasil.

P

Após a conclusão das aulas, as garotas recebem um certificado validado pela organização Code.org e pela Microsoft. Cada uma das futuras programadoras poderá então postar nas redes sociais a imagem do certificado com a hashtag #Eupossoprogramar e desafiar quatro amigas a participar do curso.

“Um dos objetivos da campanha é proporcionar um conhecimento técnico para meninas e jovens mulheres, dando-lhes uma base para se tornarem desenvolvedoras de soluções aplicáveis em diferentes contextos, tanto de negócios quanto sociais”, afirma Alessandra Del Debbio, vice-presidente jurídica e de assuntos corporativos, da Microsoft Brasil.

Este ano a campanha conta com o apoio institucional de organizações parceiras como a Reprograma, que realiza uma formação especial para mulheres que têm interesse em dedicar-se à carreira de tecnologia. Também tem o apoio da Softex, entidade responsável pelo gerenciamento operacional do portal Brasil Mais TI que é um programa 100% nacional criado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e da Educação – MEC. A campanha conta novamente com o apoio do Programaê!, iniciativa liderada pela Fundação Lemann e pela Fundação Telefônica, que tem como missão levar formação para estudantes de todo o país.

#EuPossoProgramar é parte da transformação digital que a Microsoft impulsiona no Brasil e no mundo, onde a Ciência da Computação é colocada como a base essencial para a geração de conhecimentos e competências digitais nos jovens. A empresa assume um compromisso de colaborar para que os alunos tenham acesso à aprendizagem e lógica de computação, especialmente em comunidades desfavorecidas, onde por meio de parcerias com educadores e escolas consegue alcançar a população.

 

Serviço

O que: Campanha #Eupossoprogramar para meninas

Quando: De 13 de março a 28 de abril

Como: Acessar www.eupossoprogramar.com

P

Por Microsoft Brasil
Categorias: Saúde e Educação.
 

Leia também